Não existe nada de errado em bloquear na rede social.

Pelo contrário, quando é alguém que lhe faz mal, tem mais é que excluir mesmo. O perfil é seu, você deixa quem você quiser, ou melhor, somente quem faz bem,

Ficou sabendo que falou mal de você?

Não pense duas vezes, faça uso dessa ferramenta prática que a internet possui, três cliques e pronto, excluiu sem culpa. Se a trairagem for maior e você estiver profundamente chateado, bloqueia mesmo.

Porque tem muita gente que fica na sua rede para invejar e mandar energias ruis e pesadas.

No fundo elas admiram você, mas entram todo dia no seu perfil atrás de alguma coisa para falar mal e, desta forma, não se sentirem tão coitadas com a sua própria mediocridade. Porque que não gosta de uma pessoa, simplesmente a esquece.

Então você está bem feliz olhando e se divertindo na sua rede social e aparece aquela cara falsa enorme na sua tela, se fazendo de feliz e amável.

Logo você se sente angustiado, o estômago revira, ou simplesmente o coração aperta ao lembrar da dor que a pessoa lhe causou.

Precisa passar por isso? Não. Então, se lhe causa uma sensação ruim, vai lá e exclui mesmo, feliz da vida com o coração em paz.

Aliás, aproveite para fazer uma limpa nos seus perfis. Isso mesmo!

De fato, não tem lei que obrigue a manter um contato ou que proíba de deletar aquelas pessoas que gostam de colocar você para baixo e fazer fofoca pelas suas costas.

Além do mais, se você entende que a pessoa tem caráter falho, ela nem deveria mais estar na sua rede social.

Não se sinta inadequado por excluir nem fique com medo de evitar dividir a sua vida com quem não colabora com ela, pelo contrário, até atrapalha seus planos e seus relacionamentos.

Ei, meu excluiu?

– Excluí sim.

Consequentemente, sinta-se em paz com o alívio de bloquear na rede social

A minha sugestão fica melhor ainda: exclui tudo que te faz mal da tua vida.

Não só pessoas pobres de espírito, mas também hábitos negativos, a autosabotagem e o medo de ser feliz.

Deleta memórias ruins e adiciona só alegrias na sua rede emocional. Apenas positividade no seu perfil da vida real. E quanto mais você fizer isso, mas fotos sorrindo você terá para postar.

Para tal, evite tudo que gera energia negativa. Tanto na vida virtual e, principalmente, na real, porque você é um ser incrível.

E merece, sim, somente o melhor dessa rede infinita chamada Universo.

COMENTÁRIOS




Luciano Cazz
Luciano Cazz é formado em Comunicação, também ator e roteirista pela NYFA (New York Film Academy). Além de estudante de Psicanálise. Autor do livro A Tempestade Depois do Arco-íris.