Há certas ocasiões nas quais você não deve derramar tristeza, mas se inundar de esperança.

Devemos aceitar a decepção finita e nunca perder a esperança sempre infinita.” Martin Luther King Jr.

Existem momentos em que nos encontramos afogados em uma solidão avassaladora. É quando somos tomados pela tristeza e perdemos todas as esperanças.

Porém, esses instantes de isolamento do mundo acontecem porque ignoramos a força do Universo que, na verdade, existe para que o nosso melhor possa fluir rumo a felicidade.

Então, quando estiver perdendo o ânimo, lembre-se desses 8 pensamentos:

1. Não importa quantas portas já fecharam na sua cara.

Uma coisa é certa, você precisa que apenas uma porta se abra para que tudo finalmente dê certo.
Portanto, não desista! Siga em frente forte e otimista, pois milagres acontecem a todo instante e um deles pode mudar sua vida para sempre na próxima esquina.

2. Não existe dor de amor que não se cure.

De fato, a paixão é cíclica. Desta forma vai da intensidade inicial às divergências que aumentam com o tempo até que findam o relacionamento.

Então, vem a dor que, duradoura ou não, sempre passa.

Portanto, lembre-se de um amor que lhe doeu muito no passado e hoje não tem mais tanta importância. Todos as dores são assim.

3. O Universo conspira a seu favor.

Parece clichê, mas não é. Esteja no seu eixo, no seu equilíbrio, faça aquilo de justo que tem de ser feito para conquistar os seus sonhos em com certeza, o Universo vai lhe ajudar.

É, certamente, uma lei da natureza. Pode confiar. Siga pelo caminho certo e os milagres do Universo irão surpreendê-lo!

4. A Lei do Retorno existe.

Esta é outra lei da natureza. Seja qual for a energia que você jogue no mundo, ela, certamente, irá voltar para você como um bumerangue que ultrapassa todos os obstáculos para encontrar seu destino de origem.

Nessa ou em outra vida, o Universo sempre será justo. Assim sendo, não adianta plantar sementes de um limoeiro e almejar uma colheita peras doces. Esperança requer sensatez.

Por isso, nunca desista de fazer o bem, mesmo que pareça em vão e encontre ingratidão.

5. Seus pais amam você.

Mesmo que não pareça, até um pai que abandona, jamais esquece seu filho. Sejam seus pais displicentes ou rígidos demais, seus defeitos não têm nada a ver com o amor que sentem por você, mas, sim, com o tipo de pessoa que são e aquilo em que acreditam.

O que fazer?

Perdoe os erros deles e cuide melhor do seu filho. Você já sabe o que dói.

Além disso, quanto maior a sua capacidade de entender que foi amado pelos seus pais, mais em paz estará o seu coração.

6. Tudo na vida tem uma explicação.

Geralmente, é difícil entender o porquê dos amores, dos fatos da vida, da sua profissão, da luta que travou.

Por que nasceu neste lugar, nestas condições, neste tempo?

Então, relaxe. No dia em que a nossa alma se elevar aos céus, encontraremos as razões de tudo e entenderemos a perfeição do Universo.

A vida pode parecer injusta, mas ela é só uma coleção de consequências, que logo, logo lhe será revelada. O importante é manter a esperança viva.

7. Você nunca será perfeito. Pare de se torturar!

Não é fundamental ser super-renomado na sua profissão ou ter um amor de cinema. Muito menos, exercer as tarefas do dia a dia com exata perfeição.

Não há dúvidas de que estamos aqui nesse mundo para evoluir e o erro é peça fundamental nesse processo divino, pois é a alavanca que nos impulsiona a melhorar.

Portanto, não se cobre tanto. Divirta-se mais. Busque sim o melhor sempre, mas sem esquecer que nada, jamais, será perfeito.

8. Você é especial. Sua vida não é nada comum. Ela é única!

E sua trajetória tem um valor enorme para o Universo, da mesma forma, as suas especialidades.

Assim como todas as pessoas, você tem seus defeitos, mas também tem aquelas qualidades que o tornam um ser iluminado.

Descubra quais são esses adjetivos e mostre-os para o mundo, mas, principalmente, revele-os a si mesmo.

E, então, aceite-os de coração aberto, pois você é incrível e tem um talento nato para escrever uma trajetória linda aqui nesse mundo.

Agora que entendeu, leve uma vida mais leve e o que não for leve, que a vida leve.

COMENTÁRIOS




Luciano Cazz
Luciano Cazz é formado em Comunicação, também ator e roteirista pela NYFA (New York Film Academy). Além de estudante de Psicanálise. Autor do livro A Tempestade Depois do Arco-íris.