Alguns amores eternos não duram para sempre.

Quando duas pessoas se juntam, é porque, supostamente, existe um sentimento forte. E o amor é maravilhoso, por isso, os relacionamentos devem ser positivos e nos fazer felizes.

Por outro lado, se uma relação passa a sugar sua energia, é preciso que você seja forte e, apesar do laço que a convivência criou, deixe ir o que já não preenche mais o seu coração.

Se algum desses 7 itens estão presentes na sua relação, é hora de partir:

1. Comodismo

É muito bom ter uma relação segura e tranquila. Mas quando não existe mais paixão e nosso coração ainda está fértil, uma relação cômoda vira uma prisão.

Mantê-la é usurpar de si mesmo a chance de viver um novo e grande amor.

2. Unilateralidade

Se somente você faz pela relação, é porque ela não está funcionando. Em vez de lhe trazer paz, é uma sobrecarga, a qual você não precisa carregar.

Porque você é que tem que sustentar a relação?

Acorde! Você é muito especial para viver à sombra de alguém.

3. Carência

Uma relação deve ser fonte natural de amor. Se você precisa mendigar por cuidado e atenção, com certeza, a pessoa ao seu lado não merece seu amor.

Entenda seu valor!

Há dezenas de pessoas dispostas a dar a você o amor que tanto merece.

4. Interesse

Relacionar-se por interesse é jogar fora todas as dádivas que o amor pode lhe proporcionar.

Não existe outro sentido para a vida do que amar e ser amado. Tal sentimento é o combustível de qualquer ser humano.

Permanecer em uma relação por interesse é estar morto em vida.

5. Pressão

Deixar de terminar uma relação por causa do que os outros vão pensar é um atentado contra o próprio coração. Porque ninguém sabe o que se passa dentro de você.

Portanto, não tenha medo dos julgamentos. Lamentável é uma pessoa permanecer em uma relação que já nem existe mais.

6. Amizade

Quando o sentimento do casal se transforma em um amor de irmãos, torna-se mais difícil desfazer o laço. Não queremos desapegar daquele amor tão puro.

Mas, por outro lado, não podemos nos privar para o resto da vida de uma nova paixão que nos faça flutuar.

7. Abuso

Você nem ninguém merece uma relação abusiva.

Elas são o avesso do amor, porque fazem muito mal.

Pare de sofrer. Ame-se!

Não deixe que a culpa impeça você de compreender o seu valor. Você pode e merece muito mais. Livre-se de quem deveria lhe amar, mas lhe faz mal.

E, sim, quando partir, ficará uma lacuna em sua vida.

E o tamanho do buraco no seu coração será tão profundo quanto foi o amor que um dia existiu nele.

Todavia, que, apesar do fim, sua vontade de ser feliz seja mais forte que o medo de amar de novo.

Texto original inspirandoluz.com.br. Compartilhe o link à vontade. Utilização dos nossos artigos em sites/portais ou em vídeos e áudios é permitida, desde que com os devidos créditos ao texto e ao nosso site, de forma clara e visível.  Grato pela compreensão. 

COMENTÁRIOS




Luciano Cazz
Luciano Cazz é formado em Comunicação, também ator e roteirista pela NYFA (New York Film Academy). Além de estudante de Psicanálise. Autor do livro A Tempestade Depois do Arco-íris.