Existe uma multidão ao nosso redor imperceptível aos nossos olhos, mas com grande influência sobre os nossos corações.

Carregamos o tempo todo uma nuvem de espíritos, alguns nos influenciam para o bem, outros nem tanto.

Chico Xavier é um dos médiuns mais conhecidos do mundo. Ele publicou mais de 400 livros através de mais de 600 autores do mundo espiritual.

No Brasil seu reconhecimento é inquestionável em relação às psicografias a famílias, cujos entes queridos já haviam falecido.

Nos anos 90 foi constatado que, pelo menos, 70% das cartas psicografadas por Chico Xavier continham informações detalhadas sobre as pessoas falecidas, com veracidade confirmada pelas famílias que não conheciam o médium.

Apesar da rara e forte mediunidade de Chico, os espíritos também estão ao nosso redor e existem algumas formas indiretas deles se manifestarem:

1- Estalos na casa

Se você escuta estampidos inexplicáveis?

Pode ter certeza que não está só. Podem ser estalos na madeira ou em móveis, como também objetos da casa e até o barulho de móveis sendo arrastados.

2- Sensação de toque

Você sente que alguém o cutucou, mas quando olha não há ninguém?

Isso porque espíritos não são vistos facilmente. Mas eles podem inclusive lhe fazer um carinho.

3- Manifestações elétricas

A luz da casa pisca ou a geladeira começa a ligar o motor de forma desregulada?

São manifestações da energia do espírito que naquele momento tenta, de alguma forma, mostra-se presente.

4- Animais

Seu cachorro está latindo para o nada?

Pode ter certeza que ele está interagindo com um espírito. Quando o gato dorme profundamente também é sinal de que a casa está cheia.

5- Sensação de companhia

Você vê vultos ou sente a presença de alguém mesmo estando sozinho?

Não é loucura não, certamente, você tem a sensibilidade para perceber quando algum espírito está por perto. É possível escutar suas vozes em uma conversa abafada, risadas, gritos e até seu nome sendo chamado.

6- Odores inexplicáveis

Sente um cheiro inexplicável de podre ou de rosas?

Depende do espírito que está a sua volta. Também pode remeter ao cheiro ou perfume de alguém que já se foi para o plano espiritual, mas veio lhe fazer uma visita.

7- Objetos mudam de lugar

Muito raro, porém possível.

Geralmente é um movimento sutil, muitas vezes, suficiente para cair no chão. A porta do quarto bate forte e, então, você olha para a janela fechada, sem possibilidade de vento. Foi um espírito.

8- Machucados misteriosos.

Aparece um arranhão ou um hematoma que você não faz a mínima ideia de sua origem?

Os espíritos que machucam são geralmente inferiores, então, é uma boa hora para rezar e pedir proteção a si e luz para o espírito que o fere.

9- Diferença de clima

Se na sua casa existe um lugar onde é mais frio sem motivo algum. Ou existe uma parede está sempre úmida?

Se nenhum cano passe por ela, algum espírito está dividindo a casa com você.

10- Sonhos

Às vezes, a energia pesada de um obsessor vira um pesadelo da madrugada.

Mas também, seu ente querido pode vir lhe visitar e escolher o sonho para se comunicar com você.

Muitas vezes, também recebemos passes quando estamos dormindo e, então, acordamos com aquela agradável leveza de viver. Ou com a sensação de que o sono foi muito profundo.

Existem aqueles espíritos, anjos ou mentores, que nos aconselham para o bem, cujo impulso seguimos sem perceber.

Por outro lado, há, também, aqueles que nos conduzem aos maus atos e vícios: os obsessores.

Infelizmente, devido à inferioridade do nosso planeta em relação à hierarquia das almas, o número de espíritos inferiores ao seu redor pode ser maior do que os protetores.

Portanto, se sentir uma presença pesada, reze por luz aos espíritos que precisam da alma em paz. Peça perdão para qualquer mal que você possa ter feito a eles e firmemente ordene que se afastem.

E ore profundamente, pois, apesar do poder de influência que exercem sobre as pessoas, nenhum deles será mais poderoso do que Aquele que jamais sai do seu lado: o Espírito Santo.

Texto original inspirandoluz.com.br. Compartilhe o link à vontade. Utilização dos nossos artigos em sites/portais ou em vídeos e áudios é permitida, desde que com os devidos créditos ao texto e ao nosso site, de forma clara e visível.  Grato pela compreensão. 

COMENTÁRIOS




Luciano Cazz
Luciano Cazz é formado em Comunicação, também ator e roteirista pela NYFA (New York Film Academy). Além de estudante de Psicanálise. Autor do livro A Tempestade Depois do Arco-íris.